Portal de Uruçuí - A Notícia do Tamanho da Verdade!

Perseguição aos cristãos atinge “estágio alarmante”, alerta relatório

Entre os piores perseguidores estão aqueles que governam de acordo com a lei islâmica

04/06/2019 17:43 em Gospel Gospel
Perseguição aos cristãos atinge “estágio alarmante”, alerta relatório
Perseguição aos cristãos atinge “estágio alarmante”, alerta relatório

Segundo um relatório divulgado pela BBC, a perseguição contra cristãos atinge níveis próximos do genocídio e mostra um número alarmante: uma em cada três pessoas em todo o mundo sofre de perseguição religiosa, com os cristãos sendo “o grupo religioso mais perseguido”.

Para chegar a esta conclusão, a rede de comunicação britânica usou um longo estudo provisório ordenado pelo ministro das Relações Exteriores do Reino Unido, Jeremy Hunt, liderado pelo reverendo Philip Mounstephen, bispo de Truro.

“A religião corre o risco de desaparecer em algumas partes do mundo”, diz o relatório. “Em algumas regiões, o nível e a natureza da perseguição estão chegando perto de alcançar a definição internacional de genocídio”, completa o documento.

O relatório da BBC destaca o “politicamente correto” como sendo especialmente responsável pela indiferença do Ocidente em relação à perseguição contra cristãos. O documento cita ainda frases do ministro britânico Jeremy Hunt em relação ao cristianismo ser associado aos colonizadores, porém os cristãos perseguidos estão longe dos países que foram colonizados.

A esmagadora maioria da perseguição cristã, no entanto, evidentemente ocorre em nações de maioria muçulmana. A Lista Mundial de Perseguição religiosa realizada pelo Portas Abertas comprovam isso: sete das piores nações para ser cristão são dominadas pelo Islã.

“Isso significa que, para milhões de cristãos – particularmente aqueles que cresceram muçulmanos ou nasceram em famílias muçulmanas – seguir abertamente a Jesus pode ter consequências dolorosas”, analisa Raymond Ibrahim, do Gatestone Institute, que analisou a pesquisa da BBC.

 

Fonte: Gospel Prime

Comentários