Portal de Uruçuí - A Notícia do Tamanho da Verdade!

Juiz nega pedido do PSOL para retirar WhatsApp e Facebook do ar devido a fake news

Segundo ele, existe uma enxurrada de noticias falsas que prejudicam também as candidaturas do PSOL.

07/10/2018 13:43 em Política Piauí
Pedido do PSOL para retirar WhatsApp e Facebook do ar é negado
Juiz nega pedido do PSOL para retirar WhatsApp e Facebook do ar devido a fake news

O PSOL do Piauí ingressou com representação no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) pedindo que o WhatsApp e o Facebook saíssem do ar, devido a propagação de noticias falsas (fake news) na reta final da campanha eleitoral. O juiz Geraldo Magela julgou improcedente o pedido, apesar de reconhecer o prejuizo das notícias falsas. O magistrado alegou o principio da liberdade de expressão para negar o pedido do PSOL.

A coligação de Sueli Rodrigues - Poder popular na construção do Piauí - denunciou que as fake news desequilibram o pleito e prejudicam o processo eleitoral.

Na ação, o PSOL anexou vídeos que circulam na internet que colocam em xeque a segurança da urna eletrônica, além de montagens grosseiras contra diversos candidatos.

"Solicitamos que o TRE peça ao WhatzApp e Facebook que demonstrem a capacidade de barrar os fake news. Se for for capaz que tire do ar até às 17h de domingo", informou o advogado da coligação Wallyson Soares.

Segundo ele, existe uma enxurrada de noticias falsas que prejudicam também as candidaturas do PSOL.

"O eleitor não vai poder exercer sua convicção, devido as notícias falsas, isso atrapalha o exercício da cidadania. Não há controle e o prejuízo é irreparável", disse Wallyson Soares.
Uma das postagens que prejudicam o PSOL em vários estados é com o deputado federal Jean Wyllys.

"Falam que Jean Wyllys é a favor do aborto, de mudança da Bíblia e isso atinge todo o partido".

Fonte: Cidadeverde.com

Comentários