Portal de Uruçuí - A Notícia do Tamanho da Verdade!

Pai é condenado por encomendar morte do próprio filho para não pagar pensão

Segundo a denúncia, o crime foi motivado pela vontade do pai de ficar livre da obrigação de pagar alimentos para a criança

20/09/2019 16:26 em Social Polícia
Pai é condenado por encomendar morte do filho para não pagar pensão
Pai é condenado por encomendar morte do próprio filho para não pagar pensão

Fernando Henrique de Andrade foi condenado a 14 anos, 2 meses e 20 dias de reclusão por encomendar a morte do próprio filho recém-nascido, em Araguaína, norte do Tocantins.

O crime ocorreu em janeiro de 2006, mas o julgamento só ocorreu nesta quinta-feira (19) pelo Tribunal de Júri. A denúncia foi apresentada pelo Ministério Público do Tocantins (MPTO).

Segundo a denúncia, o crime foi motivado pela vontade do pai de ficar livre da obrigação de pagar alimentos para a criança e de não criar constrangimento com a mulher com quem planejava se casar.

Ainda conforme a denúncia, Fernando ofereceu R$ 10 mil para que um casal matasse o bebê, mediante envenenamento. A executora chegou a visitar a criança com uma dose de Furadan dentro de uma seringa, mas não concluiu o crime porque a adolescente que a acompanhava revelou o plano para a mãe da vítima.

O casal de comparsas contratado por Fernando Henrique de Andrade já havia sido condenado pelo crime.

Fonte: AFNotícias

Comentários